Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Veja o que dá para comprar com o valor de um tanque de gasolina

Veja o que dá para comprar com o valor de um tanque de gasolina

O preço da gasolina tem registrado constantes aumentos em 2021 e já alcançou uma alta de 74% nas refinarias somente neste ano, de acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese). O crescimento exorbitante é alvo de protestos por parte da população, que sente o bolso pesar com a despesa. Com o produto tão caro, quanto o consumidor abre mão para ter o “luxo” de manter seu carro em movimento?

Considerando um tanque com 50 litros (média do volume entre os carros populares mais vendidos em 2020) e a gasolina vendida a R$ 6,99 por litro (média do preço nos postos de Salvador), o motorista precisa desembolsar R$ 350 para completar o reservatório – o que representa a fatia de 1/3 do salário mínimo.

BNews visitou um supermercado da capital baiana para verificar o quanto é possível comprar com o dinheiro necessário para abastecer totalmente o tanque. Para começar, dá para cozinhar 33,8 kg da famosa combinação brasileira do feijão com o arroz. Quem quiser acrescentar um ovo mexido na refeição, não vai ser difícil encher o carrinho com os 752 ovos, em 25 placas.

Ainda no almoço, para variar o cardápio, macarrão não seria problema. Com R$ 350, dá para adquirir 160 pacotes, totalizando “meros” 80 quilos. Itens básicos, a cebola e a margarina estariam disponíveis em 117 kg e 22 kg, respectivamente.

Quem preferir reforçar o café da manhã, é possível comprar 90 caixas de leite, 70 kg de maracujá ou 78 kg de banana prata.

Já entre as proteínas básicas, a família poderia consumir 18,5 kg de peito de frango ou 8,4 kg de bife de coxão duro. Com esse valor, é possível até mesmo se dar ao luxo de comprar 3,3 kg de salmão ou 4,52 kg de filé mignon.

Daria para fazer a festa nas compras do mês com as despesas provocadas pelo preço assustador da gasolina nos postos, mas nada está tão ruim que não possa piorar. Consumidor, prepare-se: tudo indica que, em 2022, o valor do combustível aumente ainda mais.

Informações: Bnews

OUTRAS NOTÍCIAS