Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Um dos fugitivos da Case Melo Matos é sequestrado e morto a tiros e facadas

Um dos fugitivos da Case Melo Matos é sequestrado e morto a tiros e facadas

Welton Carmo Silva, 19 anos, foi assassinado a tiros, facadas e pedradas na localidade de Bolívia, no bairro Limoeiro, em Feira de Santana, na manhã desta terça-feira (15).

Segundo a polícia, ele é um dos 17 internos que fugiram da Comunidade de Atendimento Socioeducativo (Case) Juiz de Melo Matos na noite de ontem. O pai de Welton informou ao Acorda Cidade que o jovem morava no bairro Tomba e que estava esperando a audiência no próximo mês para ganhar liberdade. Ele informou também que o filho estava apreendido há cerca de um ano por envolvimento com um homicídio.

“Me disseram hoje pela manhã que ele tinha fugido. Fiquei preocupado e mandaram uma foto pra mim pelo WhatsApp. Um pessoa me falou que dois jovens daqui do bairro sequestraram ele, mataram meu filho. Ele estava internado há mais ou menos um ano no Melo Matos, já estava com a última audiência marcada para sair. Ele não tinha motivos pra fugir, eu não sei por que ele fugiu”, disse Eduardo Cerqueira Silva, pai da vítima.

Fotos: Aldo Matos/Acorda Cidade

Welton foi morto com tiros nas nádegas e no tórax, além de uma facada no pescoço e pedradas na cabeça. Policiais militares das 65ª Companhia Independente preservaram o local do crime até a chegada da Polícia Civil e peritos do Departamento de Polícia Técnica (DPT). O levantamento cadavérico foi efetuado pelo delegado Luís Smyslov Filgueira.

Fonte: repórter Aldo Matos do Acorda Cidade

OUTRAS NOTÍCIAS