Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

TRT confirma condenação a empresa de telemarketing e aumenta indenização de operador vítima de gordofobia

TRT confirma condenação a empresa de telemarketing e aumenta indenização de operador vítima de gordofobia

A 2ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região (TRT) confirmou decisão de primeiro grau que concluiu que a empresa de contact center Atento deveria indenizar  um operador de telemarketing vítima de gordofobia por parte de sua supervisora hierárquica.

De acordo com informações do TRT, o colegiado também resolveu aumentar o valor da compensação financeira à vítima de R$ 1 mil – montante fixado pela  32ª Vara do Trabalho de Salvador – para R$ 3 mil. Ainda cabe recurso da decisão.

O relator do processo na 2ª Turma, o desembargador Renato Simões, avaliou que ficou comprovado o excesso cometido pela superior do profissional e pontuou que o assédio foi amplamente demonstrado no depoimento da testemunha.

Na ocasião, a supervisora foi descrita como alguém “sempre hostil e difícil”, que tratava os operadores, principalmente o autor da ação, com discriminação por estar com sobrepeso, entre outras humilhações.

Sobre o acréscimo na indenização, o desembargador-relator afirmou que a decisão considerava a “gravidade do dano, consubstanciado no constrangimento de submeter um empregado a tratamento inadequado”, bem como a “capacidade financeira do agressor”.

Informações: Ascom TRT

OUTRAS NOTÍCIAS