Trimestre será de pouca chuva no semi-árido, segundo previsões

Trimestre será de pouca chuva no semi-árido, segundo previsões

Trimestre ser_ de pouca chuva no semi-_rido, segundo previs_es  Robelio Junior - 07-05-2014 (4)

As notícias sobre chuva para agricultores e pecuaristas de Feira de Santana não são das melhores. Após passar por uma temporada de seca muito forte, as previsões do tempo indicam mais um trimestre de dificuldades. A informação foi dada na manhã desta quarta-feira, 7, em palestra promovida pela Secretaria Municipal de Agricultura e o Sindicato dos Produtores Rurais.

A palestra teve dois temas centrais: “Seca e as suas conseqüências” e “Prognostico climático para o semi-árido”. Em uma espécie de bate-papo, a pesquisadora do Instituto Nacional de Meteorologia, Claudia Valeria e o pesquisador do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ), Gildart Silva, esclareceram as dúvidas de todos os presentes.

De acordo com Claudia Valeria, que trouxe os dados da última pesquisa sobre o tempo, a região terá um inverno de poucas chuvas. A situação não é favorável, pois o produtor necessita de chuvas com trovoadas para recuperar a hidrografia e manter os animais alimentados. Algumas culturas tendem a sobreviver com a quantidade de chuva que cairá.

“A nossa ideia é trazer o maior entendimento sobre a situação. Dizendo o que isso representa no trabalho de todos. Então vamos utilizar essa informação da melhor forma possível, como uma ferramenta para realizar um planejamento adequado”, ressaltou a pesquisadora.

O secretário de Agricultura, Ozeny Moraes, destacou a importância desse tipo de encontro. “Aqui estão sendo expostas medidas de convivência com a seca, pois não tem como combatê-la, já que é um fenômeno natural. O Governo Municipal vem se empenhando para minimizar os prejuízos dos produtores rurais feirenses”.

Segundo Gildart Silva, essa é a oportunidade de abrir uma mesa redonda para sanar as dúvidas da população. “Temos de estar preparados para estas questões e ir mais além”. Dicas de como se precaver aos danos foram passadas para os agropecuários durante as palestras.

O evento contou com a participação de diversos agricultores, não só de Feira de Santana, como de toda região que abrange o semi-árido. A palestra começou pela manhã e seguiu até o início da tarde com a presença de todos.

OUTRAS NOTÍCIAS