Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

“Três de cinco rounds eu definitivamente ganhei”, desabafa Valentina após derrota

“Três de cinco rounds eu definitivamente ganhei”, desabafa Valentina após derrota

valentina

A quirguistanesa Valentina Shevchenko ainda não engoliu a controversa derrota por decisão dividida para Amanda Nunes no UFC 215 do último sábado, em Edmonton, Canadá. Na noite de terça-feira, a lutadora peso-galo emitiu um comunicado em três línguas diferentes – russo, inglês e espanhol (ela morou por oito anos no Peru e atualmente reside e treina nos EUA) – nas redes sociais, no qual desabafa com os fãs e lamenta o resultado negativo.

“Eu não acho que perdi a luta, 3 ROUNDS DE 5 EU DEFINITIVAMENTE GANHEI”, escreveu Shevchenko no seu comunicado. Ela admite que deslocou um dos dedos da mão esquerda no primeiro round e reconhece que Amanda pode ter vencido o quinto round por tê-la derrubado. Contudo, argumenta que acertou golpes mais contundentes do que a brasileira, a quem acusa de ter sido passiva mesmo tendo dominado o centro do octógono.

“Nossa competição não se chama ‘manter o centro do octógono e ganhar.’ Está a ocupar o centro do octógono, mas recebe todos os golpes possíveis. Um lutador deve e pode usar todo o perímetro do octógono de acordo com sua tática e estilo”, escreveu Shevchenko, que também reclamou que, segundo as orientações dos árbitros nos bastidores, Amanda teria que fazer mais do que ficar por cima na luta agarrada para levar vantagem no quinto round.

“As novas regras que nos explicaram antes da luta dizem que se não fizeres nada quando manténs uma posição, então este controle de posição não dá a vantagem. E Nunes não conseguiu fazer nem um ataque nem um golpe no chão”, reclama.

Apesar do desabafo, Valentina prometeu continuar a busca pelo cinturão dos pesos-galos, e prometeu reencontrar Amanda Nunes no octógono no futuro.

| G1

OUTRAS NOTÍCIAS