Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

TRE julga nesta terça possibilidade de inelegibilidade de João Doria

TRE julga nesta terça possibilidade de inelegibilidade de João Doria

O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) julga, nesta terça-feira (8), o governador do estado, João Dória, acusado de gastos irregulares com publicidade quando era prefeito da capital. Se condenado, ele pode ficar inelegível por oito anos.

A denúncia do Ministério Público aponta que Doria desobedeceu à regra que diz que, em ano eleitoral, o administrador não pode gastar mais com propaganda do que a média dos três anos anteriores. Ele é acusado de ter gasto R$ 73 milhões, ou seja, 122% mais, do critério adotado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

“As campanhas extrapolaram o dever de informação e transparência” e foram “eivadas de promoção pessoal”, diz o MP. No período, a Prefeitura gastou, por exemplo, R$ 19 milhões com prestação de contas e R$ 2,9 milhões com ações de combate ao mosquito da dengue.

A defesa de Doria declarou que parte das despesas foi herdada de 2017 e que, além disso, algumas das publicidades teriam caráter obrigatório, por serem de esclarecimento à população de SP. O atual prefeito Bruno Covas (PSDB-SP) também foi incluído na ação, por ser o sucessor do governador ao cargo.

Fonte: BNews

OUTRAS NOTÍCIAS