Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Thylane Blondeau, “a garota mais bonita do mundo”, passa por drama de saúde

Thylane Blondeau, “a garota mais bonita do mundo”, passa por drama de saúde

O rosto da francesa Thylane Blondeau (20) ficou conhecido no mundo inteiro quando ela tinha apenas seis anos de idade. Ela foi eleita “a garota mais bonita do mundo” pela revista TC Candler, despertando o interesse de grandes marcas – o que ampliou o alcance da garota em diversos países. Em 2020, Thylane passou por problemas de saúde por não receber um diagnóstico adequado, levando um cisto ovariano explodir em seu estômago

A modelo publicou uma extensa mensagem em seu perfil do Instagram, revelando que passoi por múltiplas operações para retirar cistos no ovário.

“Não tinha certeza sobre postar isso, mas aqui estamos. Um ano atrás, fiz uma operação de emergência para um cisto ovariano que explodiu no meu estômago. 3 meses depois, minha barriga começou a doer de novo e no começo todos (e eu também) pensaram que era por causa da operação. este ano eu vi três ginecologistas diferentes, já vi mais de 4 centros de radiologia em Paris e todos eles disseram a mesma coisa, ‘não se preocupe, você não tem nada, é tudo na sua cabeça'”, relatou.

 

“4 dias atrás fui para as emergências porque minha barriga estava doendo tanto que eu não aguentava mais e disseram que estava tudo bem e que eu estava com um lil kyste e terei que fazer um check-up em 2-3 meses . No dia seguinte eu tive essa consulta com um médico incrível (O. Kadoch) que viu diretamente que eu tinha uma ciste de 5,6 cm que estava tocando meu ovário”, desabou.

Com o diagnótico certo, a modelo fez uma operação de emergência e finalmente está se sentindo melhor.  “Com essa experiência, aprendi que, quando seu corpo dói, não deixe escapar e cuide dele, você deve consultar vários médicos até que alguns deles encontrem o problema e o cure. Qualquer dor, mesmo os mais pequenos, pode esconder algo muito mais importante”, finalizou.

OUTRAS NOTÍCIAS