Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Teich pode cair caso não recue sobre uso da cloroquina

Teich pode cair caso não recue sobre uso da cloroquina

Sem topar o diagnóstico do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) em relação ao uso da cloroquina no tratamento de pacientes com coronavírus, o ministro da Saúde Nelson Teich pode ter de deixar o posto por decisão do mandatário palaciano.

O titular da Saúde deixou clara a sua posição de que não apoiará a droga como o presidente deseja. O posicionamento do oncologista e integrante da comunidade científica é visto como um ponto de ruptura na relação dele com Bolsonaro. A situação é vista como “crítica” por auxiliares do ministro na pasta.

Nesta quinta-feira (14), o presidente passou o dia mandando sinais de que insistirá na sua decisão sobre a cloroquina. Caso não recue, Teich deve seguir o mesmo caminho de seu antecessor, o ex-ministro Luiz Henrique Mandetta, derrubado do cargo por não rever a política de isolamento social.

OUTRAS NOTÍCIAS