Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

‘Taca-le pau’: Agora com 20 anos, protagonista do meme fala como está a vida 8 anos depois

‘Taca-le pau’: Agora com 20 anos, protagonista do meme fala como está a vida 8 anos depois

Marcos Joaquim Martinelli completa 20 anos no próximo dia 21. Atualmente, ele é programador web em Gaspar, no Vale do Itajaí, e ficou conhecido em todo o Brasil após ele e o primo Leandro Beninca postarem um vídeo de uma brincadeira na fazenda da avó, em Taió, na mesma região, em 2014.

A voz de Leandro descreve a descida do primo “Marco Véio” no carrinho. Ele ficou conhecido pelo bordão “Taca-le pau”.

Com 1.950 seguidores, até terça-feira (8), em uma rede social, Marcos afirma que muitas pessoas ainda o procuram na internet para saber como ele está após o meme.

“Sempre aparece alguém perguntando se sou eu mesmo. O meme impactou 100% [a minha vida]. Hoje, por exemplo, me chamam só de Marco Véio. Sou muito lembrado [mesmo] após tantos anos”, disse.

Ele conta que a Vó Salvelina está bem e continua recebendo visitantes no mesmo local onde ele e o primo desceram com o carrinho.

“Visitamos bastante ela e, no momento de quarentena, ficamos mais afastados, controlando a situação. [Ela continua] servindo as pessoas que vão lá visitar no morro e para descer com ele [o carrinho]”, disse.

Marcos é programador web e mora em Gaspar (SC) — Foto: Marcos Joaquim Martinelli/ Arquivo Pessoal

Marcos é programador web e mora em Gaspar (SC) — Foto: Marcos Joaquim Martinelli/ Arquivo Pessoal

Marcos conta que pretende investir na área de programação. Ele explica que é responsável por desenvolver sites, portais e aplicações relacionadas ao ambiente da internet.

“Estou estudando programação, e pretendo crescer muito nessa área. É isso que gosto de fazer, então acredito que irá dar muito certo”, finaliza.

Brincadeira dos meninos do Vale do Itajaí virou hit na internet — Foto: Reprodução RBS TV

Brincadeira dos meninos do Vale do Itajaí virou hit na internet — Foto: Reprodução RBS TV

Bons momentos

Marcos relembra que o vídeo com o primo foi publicado no dia 1º de janeiro de 2014, mas começou a repercutir nas redes sociais quatro meses depois.

Meninos do meme 'taca-le pau nesse carrinho' contam como estão hoje |  Encontro com Fátima Bernardes | Gshow

“[No dia da gravação do vídeo] Lembro de ter ficado feliz de ter descido o morro fazendo a curva e achando muito engraçada a voz do meu primo no vídeo”.

“Sinto falta de todos os momentos que passamos juntos [ele e o primo]. Foram vários momentos aproveitados que nunca iríamos imaginar o que aconteceria [sobre a repercussão do vídeo] . Acredito que hoje não tenha algo que [eu] não sinta falta daquela época”, concluiu.

O carrinho ainda existe e fica na casa da Vó Salvelina — Foto: Marcos Joaquim Martinelli/ Arquivo Pessoal

O carrinho ainda existe e fica na casa da Vó Salvelina — Foto: Marcos Joaquim Martinelli/ Arquivo Pessoal

Informações: G1

OUTRAS NOTÍCIAS