Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Suspeito de passar a mão no corpo de ciclista é preso no Paraná

Suspeito de passar a mão no corpo de ciclista é preso no Paraná

O homem suspeito de passar a mão em uma ciclista enquanto ela pedalava, em Palmas, na região sul do Paraná, foi preso nesta terça-feira (28). A vítima ficou ferida após cair na rua ao ser vítima da importunação sexual, segundo a Polícia Civil.

Uma câmera de monitoramento registrou o caso que aconteceu no domingo (26).

Nas imagens é possível ver o momento em que um carro se aproximou da ciclista e, na sequência, o carona passou a mão no corpo dela. Com isso, a mulher caiu no chão. Os envolvidos saíram com o carro em seguida.

Segundo a polícia, quatro pessoas estavam no carro no momento do crime. Todos foram identificados.

Em entrevista ao Encontro com Fátima, a ciclista disse que percebeu que o acidente aconteceu porque tinha sido tocada pelo suspeito.

Andressa Lustosa registrou um boletim de ocorrência e procurou pelas câmeras de monitoramento na região para entender o que havia acontecido.

Ela publicou as imagens nas redes sociais e pediu ajuda da população para identificar os envolvidos.

“Eu acho que está na hora de alguém tomar uma atitude. A gente não está aguentando mais esse tipo de situação. É humilhante nós mulheres não podermos sair na rua para fazer uma atividade física. Você não pode sair na rua por medo. O que é isso? Em pleno século XXI, é triste. Não é normal isso”, disse.

A estudante disse que está bem, mas ficou com alguns ferimentos pelo corpo.

Segundo a Polícia Civil, a princípio, o caso é investigado como importunação sexual e lesão corporal. Andressa prestou depoimento à polícia, e fará exame de corpo de delito por causa das lesões.

Andressa ficou com ralados pelo corpo após cair da bicicleta, em Palmas — Foto: Arquivo pessoal

Andressa ficou com ralados pelo corpo após cair da bicicleta, em Palmas — Foto: Arquivo pessoal

“Alguém tem que parar esses agressores, esses abusadores, eles têm que entender que eles vieram de uma mulher, eles têm que respeitar. Já passou dos limites, é uma situação degradante para qualquer uma. Eu sei que hoje em dia muita mulher sofre e nem fala. E se não tivesse uma câmera para filmar, como é que eu ia provar o que aconteceu? Eu nem ia saber que o cara passou a mão em mim”, disse a vítima.

Vítima caiu na pista após ser agarrada, em Palmas — Foto: Câmera de monitoramento

Vítima caiu na pista após ser agarrada, em Palmas — Foto: Câmera de monitoramento

Informações: G1

OUTRAS NOTÍCIAS