Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Sócio da Raízen, família e pilotos: Saiba quem são as vítimas do acidente de avião de Piracicaba

Sócio da Raízen, família e pilotos: Saiba quem são as vítimas do acidente de avião de Piracicaba

A queda de um avião modelo King Air B200, ano 2019, prefixo PS-CSM, deixou sete mortos em Piracicaba (SP) na manhã desta terça-feira (14). Entre as vítimas, estava o empresário acionista da usina Raízen, Celso Silveira Mello Filho, a esposa e os três filhos, além do piloto e copiloto da aeronave.

Celso Silveira era irmão do presidente do Conselho de Administração da companhia, o bilionário Rubens Ometto Silveira Mello. Uma lista divulgada pela revista Forbes em 2013 apontava o empresário brasileiro Rubens Ometto entre os 10 bilionários mais “verdes” do mundo naquele ano. Na lista, a revista cita bilionários do setor de “energia limpa”. A Cosan é um dos maiores produtores e processadores de cana-de-açúcar e um dos maiores produtores de etanol do mundo.

Veja quem são as vítimas:

  • Celso Silveira Mello Filho, 73 anos
  • Maria Luiza Meneghel, 71 anos
  • Celso Meneghel Silveira Mello, 46 anos
  • Camila Meneghel Silveira Mello Zanforlin, 48 anos
  • Fernando Meneghel Silveira Mello, 46 anos
  • Piloto: Celso Elias Carloni, 39 anos
  • Copiloto: Giovani Dedini Gulo, 24 anos

Celso Silveira Mello Filho

O empresário de 73 anos era economista, já participou da coordenação geral na implantação de projetos na Usina Costa Pinto S/A – Açúcar e Álcool, onde fez parte de aumento da capacidade de produção de Álcool.

Mello Filho exercia cargos em empresas com atividades nos estados de São Paulo, Paraná, Tocantins e Pará: Diretor Presidente da S.M. Agropecuária LTDA; Sócio Gerente da Consultoria Certo e Assessoria Econômica S/S LTDA; Diretor Presidente da Rio Cortado Agropecuária S/A; Diretor Presidente da Vale Bonito Agropecuária S/A; Diretor Presidente da CSM Agropecuária LTDA; Diretor Presidente da Faculdade de Educação, Cultura e Tecnologia da Amazônia S/A.

Maria Luiza Meneghel acompanha o esposo, o empresário Celso Silveira Mello Filho, em cerimônia na Câmara dos Vereadores de Piracicaba (SP). — Foto: Reprodução/EPTV

Maria Luiza Meneghel acompanha o esposo, o empresário Celso Silveira Mello Filho, em cerimônia na Câmara dos Vereadores de Piracicaba (SP). — Foto: Reprodução/EPTV

Ele também já foi presidente do Esporte Clube XV de Piracicaba. O time publicou uma nota nas redes sociais lamentando o caso. “O XV de Piracicaba lamenta profundamente o falecimento de Celso Silveira Mello Filho, sua esposa, filhos e demais tripulantes vítimas da queda da aeronave em que estavam presentes nesta terça-feira (14).”

Empresário Celso Silveira Mello, de 73 anos, e a esposa Maria Luisa Meneghel em Piracicaba (SP). — Foto: Reprodução/EPTV

Empresário Celso Silveira Mello, de 73 anos, e a esposa Maria Luisa Meneghel em Piracicaba (SP). — Foto: Reprodução/EPTV

Os gêmeos Celso e Fernando

Um dos filhos do empresário, Fernando Mello, era atleta de tiro esportivo. Ele foi campeão sul-americano e chegou a representar o Brasil nos Jogos-Pan Americanos de Lima, no Peru, na categoria fossa olímpica.

O outro filho, Celso Mello, era piloto de autocross desde adolescente. Ele foi tricampeão brasileiro de autocross (2011, 2012 e 2017), uma modalidade que também foi praticada pelo pai.

O piloto Celso Elias Carloni

O piloto de 39 anos trabalhava há quase 20 anos com aviação. Foi comandante desde 2002 até 2008 em uma empresa. A partir de 2008 assumiu posto como copiloto em outra e desde 2008 era comandante em mais quatro empresas. Celso era piracicabano, mas atualmente morava em Sorocaba.

Piloto Celso Elias Carloni, 39 anos, e copiloto Giovani Dedini Gulo, 24 anos — Foto: Reprodução/EPTV

Piloto Celso Elias Carloni, 39 anos, e copiloto Giovani Dedini Gulo, 24 anos — Foto: Reprodução/EPTV

A queda

De acordo com os bombeiros, o avião saiu do Aeroporto de Piracicaba com destino ao Pará e caiu logo depois, pouco antes das 9h, em uma área verde ao lado da Faculdade de Tecnologia do Estado de São Paulo (Fatec).

O vídeo no início da reportagem mostra o momento que o avião cai ao fundo de um condomínio. Após atingir alguns eucaliptos durante a queda, a aeronave explodiu e teve início um incêndio na mata.

Segundo a Prefeitura de Piracicaba, o avião modelo King Air B200 saiu do Aeroporto Municipal Pedro Morganti e a queda aconteceu cerca de 15 segundos após a decolagem, em uma plantação de eucaliptos.

Informações: G1

OUTRAS NOTÍCIAS