Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Shein é acusada de copiar designs da Zara e polêmica está bombando no TikTok. Veja!

Shein é acusada de copiar designs da Zara e polêmica está bombando no TikTok. Veja!

O site de moda fast fashion chinês Shein foi acusado de copiar designs da rival Zara depois que dezenas de imagens foram compartilhadas nas redes sociais mostrando roupas praticamente idênticas das duas lojas.

Shein é acusada de plagiar designs da Zara. (esq. Zara e dir. Shein). Fotos: Reprodução | Zara/ Shein
 
Shein é acusada de plagiar designs da Zara. (esq. Zara e dir. Shein). Fotos: Reprodução | Zara/ Shein

Na plataforma de vídeos TikTok, as hashtags #zaravsshein e #zaradupe – onde os usuários compartilham os itens muito semelhantes de Zara e Shein – tiveram 38,3 milhões e 39,8 milhões de visualizações, respectivamente.

Shein já enfrentou ações legais alegando violação de direitos autorais, inclusive de empresas globais como Levi Strauss, Dr Martens AirWair International e Ralph Lauren. A hashtag #sheinstolemydesign teve 6,4 milhões de visualizações no TikTok.

 
Reprodução/ Instagram

No Instagram, alguns dos exemplos mais marcantes foram reunidos pela @dupesnation. No entanto, alguns influenciadores de moda parecem celebrar a capacidade de Shein de replicar os designs da Zara por uma versão mais barata. Um post, intitulado “Dupe AllyLikes”, mostra uma camisa rosa pastel e laranja da Zara custando € 29,95 (R$ 152) ao lado de uma camisa aparentemente idêntica da Shein por € 4,49 (R$ 28).

O perfil da conta do Instagram @zaravsshein diz: “Encontre roupas da Zara na Shein duas vezes mais baratas!!!! Todos os dias roupa nova!! Referências de todas as peças de vestuário. Comece a economizar!”

A Shein mais do que quadruplicou sua receita desde 2019, de acordo com o site Business of Fashion, atingindo US$ 15,7 bilhões em vendas. Agora, está procurando US$ 1 bilhão em financiamento e uma avaliação de US$ 100 bilhões.

 
Reprodução/ Instagram

Alex Crumbie, do grupo de campanha Ethical Consumer, disse que a imitação “parece ser a pedra angular da moda super-rápida”, acrescentando: “Essas marcas normalmente reproduzem a moda vista em outros lugares e a fabricam em uma semana. Copiar designs diminui o lead time.”

Como eles fazem isso de forma tão rápida e barata não é conhecido. “Não há uma grande quantidade de informações sobre Shein”, disse Crumbie. “Eles terão cadeias de suprimentos em todo o mundo onde podem manter os custos baixos, mas onde, não sabemos.” Se é de fato plágio, Shein poderia se safar? Bem possível. “Vamos supor que Shein tenha roubado uma ideia da Zara”, disse Mike Flanagan, executivo-chefe da consultoria Clothesource.

“No momento em que a Zara detecta e processa, pode demorar dois anos. Mas esse design pode ter vendido apenas cinco cópias e desaparecido em semanas. Provar algo dois anos depois é impossível.”

A proprietária da Zara, a Inditex, não quis comentar. Um porta-voz da Shein disse: “Os fornecedores da Shein são obrigados a cumprir o código de conduta da empresa e certificar que seus produtos não infringem a propriedade intelectual de terceiros”.

Fonte: The Guardian

OUTRAS NOTÍCIAS