Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Servidora pública sofre grave acidente e quase morre degolada linha de pipa com cerol

Servidora pública sofre grave acidente e quase morre degolada linha de pipa com cerol

Primavera chegando, período seco e com bastante ventos, propício para crianças e adolescentes se divertirem soltando pipas nas ruas. Mas é necessário ficar alerta aos riscos da brincadeira e a utilização do cerol.

O cerol é uma substância feita com cola e vidro em pó usado em linha, e tem a intenção de cortar outras pipas durante a brincadeira. Essa substância cortante pode ocasionar acidentes fatais.

A servidora pública Shirley Lima residente na Ilha de Itaparica-Bahia, conta que pilotava uma motocicleta quando foi vítima do cerol, na quarta-feira (01),” levei mais de 17 pontos no pescoço, por pouco não morri”, relata.

Segundo dados da Associação Brasileira de Motociclistas (Abram), todo ano no Brasil cerca de 500 pessoas sofrem  acidentes provocados por  linha de pipa com material cortante, destes 125 são fatais.

Já o radialista Antônio Carlos, morador da cidade de Santo Antônio de Jesus,região do Recôncavo baiano,diz que também sofreu um acidente por uma linha de cerol. “Eu estava pilotando a moto em baixa velocidade quando percebi e acabei freando bruscamente, mas fui atingido, acabei caindo da moto para que o cerol não cortasse meu pescoço”, conta.

Como evitar acidentes

– Não utilize cerol;

– Empine a pipa longe de rede elétrica;

– Atenção em lugares com grande fluxo de veículos e pessoas;

– Rabiola deve ser evitada, pois pode enroscar nos fios elétricos;

– Não empine pipas em dias de chuva e caso a pipa enrosque em algum lugar alto, não tente removê-la;

Motociclistas e ciclistas devem sempre utilizar a antena para raio.

Informações: Conectado News

OUTRAS NOTÍCIAS