Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Senador Otto Alencar acredita que Bolsonaro foi omisso no caso Covaxin e deu ‘Desculpa esfarrapada’

Senador Otto Alencar acredita que Bolsonaro foi omisso no caso Covaxin e deu ‘Desculpa esfarrapada’

O senador Otto Alencar (PSD) acredita que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sabia de irregularidades no contrato de compra da vacina Covaxin. Para ele, a atitude do presidente foi de fechar os olhos diante de um possível esquema de corrupção denunciado pelos irmãos Miranda em depoimento à CPI na última sexta-feira (25).

“Deveria ter feito por oficio para que Marcelo Queiroga apurasse. Deveria ter registrado no Ministério da Saúde ou então ter acionado a CGU e os órgãos de investigação, como a Polícia Federal”, disse o senador baiano em entrevista para o Uol nesta terça-feira.

O deputado federal Luis Miranda (DEM-DF) disse que o presidente saiba que o responsável pela tentativa de superfaturamento na aquisição do imunizante da Índia era o líder do governo Ricardo Barros (PP-PR). Nesta segunda-feira (28), ao comentar o assunto com apoiadores, Bolsonaro afirmou que não tem como saber de tudo que acontece nos Ministérios e garantiu que não há nada de errado em seu governo.

“Essa desculpa esfarrapada não vai colar, infelizmente. O presidente muda de opinião como muda de camisa. Na semana passada dizia que não existia corrupção em seu governo e ontem já disse que não dava pra saber o que acontecia em todos os Ministérios”, disparou Otto.

Informações do site Bahia.Ba

OUTRAS NOTÍCIAS