Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Sem necessidade Secretario de Saúde Marcelo Brito gasta R$24 mil com cópias de papeis para CPI

Sem necessidade Secretario de Saúde Marcelo Brito gasta R$24 mil com cópias de papeis para CPI

Na tarde da última segunda-feira (07), aconteceria o depoimento do Secretario de Saúde de Feira de Santana, Marcelo Brito, onde o mesmo prestaria esclarecimentos sobre as diversas denuncias de irregularidades e descaso com a saúde do povo feirense, elem disso, o mesmo faria a entrega de documentos solicitados pela CPI da Saúde da Câmara dos Vereadores. A sessão precisou ser adiada por problemas técnicos, e o depoimento remarcado para uma data posterior, mas os documentos foram entregues a Casa Legislativa.

Segundo nota da própria Prefeitura, foram entregues 380 mil páginas impressas em papel, com cópia integral das prestações de contas dos institutos e demais terceirizados que fazem gestão de unidades de saúde e/ou intermediação de mão de obra, notas fiscais e contratos dos respectivos prestadores no período de 2019, 2020 e 2021, além da identificação de pessoas que prestam serviços ou foram dispensadas, com a respectiva lotação, função e salário, com um custo de cerca de 24 mil reais.

O fato, feito de forma proposital, para ser usado como arma pela Gestão Municipal no jogo politico contra a Câmara, espantou a toda população feirense. Em pleno século 21, com o advento da tecnologia digital, escaneamento, PDF, pendrive, armazenamento em nuvem, ou os já quase aposentados cds e dvds, entre outros, o secretario optou por uma forma analógica e de custo tão elevado. Será que a secretaria não tem uma impressora com scanner e um funcionário que pudesse fazer o trabalho?

“Pelos números, cada cópia custou R$0,12 reais, então, foi feito por colaborador da prefeitura ou foi terceirizado? Independente de como foi, ainda um valor alto por cópia tendo em vista a quantidade. Eu, pessoa física, pago mais barato em uma quantidade beeeeeeem inferior. Gente, não era mais fácil pagar 1 salário, comprar uma impressora e fazer sem gastar 24 mil reais! Um desaforo, com salários de funcionários atrasados”, comentou um internauta.

“Um pendrive resolveria, digitalização não chama atenção!! Dinheiro demais. PDF mandou lembranças. (Poderia ser uma cópia impressa e envio por email ou link para download), mas como está sobrando dinheiro, povo rasga nosso dinheiro suado”, desabafa outro internauta.

Marcelo Brito desdenha dos diversos servidores que estão sem receber salários, e faz de refém a saúde de Feira de Santana que se encontra na UTI, com uma das piores gestões da saúde na cidade em anos, onde faltam médicos, faltam equipamentos básicos até para curativos, e inclusive na própria Secretaria de Saúde, fata-se até papel higiênico e água para os servidores.

OUTRAS NOTÍCIAS