Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Secretário de Segurança pública da Bahia, Ricardo Mandarino, está em Feira nesta segunda

Secretário de Segurança pública da Bahia, Ricardo Mandarino, está em Feira nesta segunda

O secretário de Segurança Pública da Bahia, Ricardo Mandarino, está em Feira de Santana, nesta segunda-feira (10).

A visita ao município acontece após uma audiência virtual realizada entre o secretário, o deputado estadual Robinson Almeida, o deputado federal Zé Neto e o vereador Silvio Dias, que tratou sobre a segurança pública da cidade. A expectativa é de que Mandarino anuncie novidades, como a reforma da delegacia do bairro Jomafa e a relocação provisória de delegacias que também funcionam no local.

Só neste fim de semana, foram registrados oito homicídios na cidade e quatro pessoas foram mortas em troca de tiros. Em entrevista ao Bom Dia Feira, na manhã desta segunda, o deputado estadual Robinson Almeida, destacou que a crescente no número de crimes na cidade foi o principal tema da reunião.

‘Desde que ele assumiu a pasta, se comprometeu de tratar a questão de segurança pública na Bahia e em Feira de Santana com um olhar atenção e com prioridades. Juntos nós tratamos, principalmente, sobre o aumento dos casos de homicídio na cidade nestes primeiros quatro meses do ano que está bem superior aos anos anteriores. Ele explicou que aqui no Nordeste estava tendo um aumento nessas ocorrências visto a movimentação do tráfico de drogas e organizações criminosas nacionais e a luta por esses pontos estava ocasionando este aumento’, relata.

De acordo com Robinson, foi solicitado uma atenção especial para Feira por ser uma cidade de mais de 600 mil habitantes e entroncamento rodoviário.

‘É necessário reforçar o policiamento e inteligência, neste período em que a secretaria identifica esta situação. Além disso, há problemas estruturais no complexo de delegacias que precisa de reformas grandes, os veículos que estão estacionadas no pátio criando um ambiente inadequado para o trabalho e saúde pública e ele se comprometeu com as duas questões, o que eu senti de forma geral foi muita boa vontade’, diz.

Informações: Bom Dia Feira

OUTRAS NOTÍCIAS