Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Secretaria de Saúde abre sindicância para apurar atendimento à menina Caroline Vaz

Secretaria de Saúde abre sindicância para apurar atendimento à menina Caroline Vaz

Secretaria de Saúde

Devido às suspeitas manifestadas na imprensa por parte da família, a Secretaria Municipal de Saúde determinou abertura de sindicância, para que possa ser esclarecida qualquer dúvida sobre o que motivou o óbito da adolescente Caroline Santos Vaz, de 13 anos. A menina faleceu nesta terça (18) no Hospital Estadual da Criança (HEC), para onde foi encaminhada através da Policlínica Municipal localizada no bairro Rua Nova.

 Familiares da garota acreditam que a causa da morte tenha sido a prescrição equivocada de medicamentos. A Secretaria de Saúde está convicta de que a equipe médica que atendeu Caroline atuou de maneira correta, enquanto ela esteve sob assistência da Policlínica. Diante das dúvidas da família enlutada, a secretária Denise Mascarenhas abriu uma sindicância.

 Será apurado como se deu o atendimento, a conduta dos profissionais e principalmente a medicação prescrita, o que é verificado pelo prontuário da paciente. “Estamos todos muito tristes com a morte de Caroline e solidários com a família. Embora estejamos muito convictos de que o procedimento foi o adequado para o caso, é nosso dever dar a atenção necessária para as dúvidas que os seus familiares possam ter. Vamos eliminar toda e qualquer dúvida que possa pairar sobre este fato”, afirma a secretária.

Entenda o caso:  Adolescente de 13 anos sofre AVC após ser atendida em policlínica; a menina morreu no HEC

Foto | Reprodução

OUTRAS NOTÍCIAS