Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Sargento da PM é morto a tiros dentro de casa; Filha é a principal acusada

Sargento da PM é morto a tiros dentro de casa; Filha é a principal acusada
O PM sargento da reserva remunerada, Pedro Xisto de Souza, de 55 anos, foi encontrado morto na noite deste sábado (8), dentro de sua casa, no distrito de Caldas do Jorro, município de Tucano. Ele tinha uma residência em Feira de Santana. De acordo com a Polícia Militar, Pedro apresentava perfurações feitas por arma de fogo e o imóvel não apresentava sinais de arrombamento.
Ainda segundo informações da polícia, o namorado da filha do sargento confessou o crime, disse que a menor que tem 16 anos, foi a mentora do assassinato do próprio pai e teria contratado um matador de aluguel em Feira de Santana para executar Xisto por R$ 600,00. A PM informou, também, que a filha alegou que o pai estava recebendo ameaças de criminosos da cidade.
“Foram encontradas algumas mensagens em um celular da filha falando sobre a situação do pai. O casal ficou circulando pela cidade. O namorado estava com a moto de Xisto, sendo que o nosso colega não gostava do genro. No final da tarde, eles simularam uma situação. Mas nós descobrimos toda a armação”, disse uma fonte policial.
O motivo do crime ainda está sendo investigado pela polícia. O casal foi conduzido para a Delegacia da Polícia Civil de Euclides da Cunha e estão à disposição da justiça.
Informações: De Olho na Cidade

OUTRAS NOTÍCIAS