Ronda Maria da Penha auxilia novas vítimas de violência doméstica em Feira de Santana

127675ronda-maria-da-penha-em-feira-comeca-a-atender-79-novas-vitimas-de-violencia-domestica-3

Na última terça-feira (23), ocorreu o reforço das equipes da Operação Ronda Maria da Penha (ORMP) para o acolhimento e atendimentos às mulheres que são vítimas de violência doméstica do município de Feira de Santana, estas rondas de acolhimento possuem o objetivo de atender as novas 79 novas vítimas pela unidade e durantes as vistorias os relatos são anotados pelos policiais. 

A tenente Renata Martins é responsável pela unidade e conta que acompanhar de perto a situação  degradante das novas vítimas de violência doméstica é no intuito de confortá-las e protegê-las, o que visa um dos papeis principais da unidade.

“Nós seguimos um protocolo de visitas e é a partir desse trabalho que podemos mensurar o quanto elas se sentem mais seguras para retomar a vida, sabendo que podem contar com o apoio da Polícia Militar”, disse.

Com essas novas vítimas, atualmente, a unidade fiscaliza cerca de 210 medidas protetivas de urgência solicitadas à Justiça pelas Delegacias, após denúncia das vitimas. São realizadas visitas periódicas que fiscalizam o cumprimento das ordens judiciais, além de ouvir a demanda das mulheres e orientá-las sobre como proceder em caso de descumprimento das medidas.

Manifestando interesse, a unidade ainda oferece para as assistidas um trabalho especializado com foco no atendimento psicológico.

“Nós temos um apoio fundamental de unidades e órgãos que compõem a Rede de Proteção à Mulher Vitima de Violência, à exemplo das Delegacias Especializadas de Atendimento à Mulher (Deams), o Ministério Público, a Defensoria Pública, a Secretaria da Mulher da cidade, a Casa Abrigo da Mulher, dentre outros que, juntos, ajudam a combater o feminicídio e prevenir a violência”, concluiu a oficial.

Fonte: centraldepolicia.olabahia.com.br

OUTRAS NOTÍCIAS