Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Resistência à 3ª dose contra Covid retarda flexibilização no uso de máscaras

Resistência à 3ª dose contra Covid retarda flexibilização no uso de máscaras

Em Feira de Santana, a flexibilização do uso de máscaras depende do aumento do índice vacinados com a terceira dose contra a Covid. Até o momento, 35% do público-alvo recebeu as três doses.

“É preciso melhorar o número de pessoas vacinadas com as três doses para, a partir daí, iniciarmos as discussões sobre a flexibilização do uso da máscara, a princípio em ambientes abertos”, afirma o secretário municipal de Saúde, Marcelo Britto.

O titular da pasta apela que o feirense procure as unidades de saúde para completar o esquema de vacinação. “Precisamos da colaboração mútua da população”, destaca.

Nesta semana, a Secretaria de Saúde informou que não havia paciente internado devido à doença – o dado do Boletim Epidemiológico foi referente a última quarta-feira, 23.

“Isso é reflexo da vacinação e dos cuidados da população em usar a máscara e manter o distanciamento social. Portanto, vamos manter os cuidados necessários e garantir a vacinação contra a Covid-19”, pontua.

Informações: Olá Bahia

OUTRAS NOTÍCIAS