Repórter demitida da Globo assume cargo de confiança no governo Lula

Demitida da Globo no último mês de abril após quase 30 anos de emissora e mais dez na cobertura política em Brasília nos telejornais da empresa, a jornalista Giovana Teles passou a trabalhar no governo Lula em um cargo de confiança.

Desde o fim de julho, Giovana passou a trabalhar como assessora de imprensa da secretaria-geral da Presidência da República, pasta liderada por Márcio Macedo, um ministro palaciano do atual presidente da República.

Giovana Teles tem 51 anos e é natural de Fortaleza (CE). Começou na Globo em 1994, na TV Verdes Mares, afiliada da Globo no Ceará. Rapidamente se destacou e virou repórter de rede, o que lhe rendeu um convite para se mudar para a Globo de Brasília. Inicialmente, ela atuou em jornais locais.

Em 2009, ela passou a produzir material para o Jornal Nacional. Foi um dos destaques também da cobertura das manifestações políticas de junho de 2013, durante a durante a Copa das Confederações da Fifa. Após esse período, passou a atuar fixamente no Jornal da Globo até 2020.

Antes de seu desligamento em abril, Giovana era repórter de entradas ao vivo de Brasília do Jornal Hoje, e atualizava informações sobre política e economia. 

Folha do Estado

OUTRAS NOTÍCIAS