Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Renan Calheiros vai enviar “subsídios” colhidos na CPI para ajudar STF em ação de Bolsonaro contra governadores

Renan Calheiros vai enviar “subsídios” colhidos na CPI para ajudar STF em ação de Bolsonaro contra governadores

O relator da CPI da Covid, Renan Calheiros (MDB-AL), vai enviar informações colhidas ao longo dos depoimentos à Comissão, para o STF usar na nova ação movida pelo presidente Jair Bolsonaro contra governadores.

Segundo Renan, serão fornecidos ao Supremo “subsídios técnicos” para colaborar na ação que pede que os decretos estaduais de medidas de restrição sejam suspensos em ao menos três estados.

“A postura do governo federal, que continua na contramão das recomendações sanitárias do mundo inteiro, indica que o único plano do presidente Bolsonaro é aglomerar, como faz diuturnamente, à margem da ciência e do que seria necessário para proteger vidas humanas”, declarou o emedebista à coluna Painel, da Folha de S. Paulo.

De acordo com o cacique, a sua manifestação é como parlamentar, não como relator da CPI. Ele lembra que os casos no Brasil voltaram a crescer e que a “postura irresponsável” do presidente contribui para aprofundar a crise no país.

“Essa obsessão macabra do presidente [contra o isolamento], em um momento em que as UTIs estão lotadas e se avizinha uma terceira onda, faz com que os brasileiros paguem com vidas o preço de sua postura irresponsável e tresloucada”, completou o senador.

Informações: Folha de S. Paulo

OUTRAS NOTÍCIAS