Rei Nelsinho coloca em dúvida a credibilidade do Liquida Feira

nelsinho

nelsinho

Em entrevista à TV Caldeirão o Rei Nelsinho fez declarações sobre o (Liquida Feira), onde o mesmo afirmou que existe favorecimento na campanha do (Liquida Feira), “Hoje eu estava ouvindo uma entrevista em uma grande rádio aqui em Feira de Santana, o repórter entrevistando o Presidente Luizinho Mercês que hoje segunda-feira dia 9 teve três sorteios, três carros 0 km e perguntou quanto é o valor de um carro desses? Ele falou R$ 120 mil reais, quantos cupons? Mais de 1 milhão de cupons, quantas empresas? Parece que umas 120 e quanto arrecadou por cada empresa? Aí ele falou eu não sei, ele pulou fora”. Afirmou O Rei Nelsinho pediu para que o Presidente fosse mais claro com o povo, “Mais eu quero dizer aqui para o Presidente da Associação Comercial Luizinho da Mercês, que é bom você saber Luizinho que quando o repórter perguntar quantos arrecadou até hoje, não teve três carros? Você não ganhou o valor dos três carros? Então tinha que saber quanto arrecadou até hoje, quantos cupons foram que você falou? Quanto por loja arrecadou e você pulou fora, você diz que não sabe, mais é claro que daqui para o final da campanha espero que você seja mais claro, porque isso o povo que saber que para poder ficar mais forte, para o povo acreditar mais, essa campanha realmente é grandiosa e valiosa, e o povo tem que saber quanto foi arrecadado, isso é muito importante” afirmou o empresário Nelsinho

O empresário fez algumas críticas em relação ao liquida feira “Eu parabenizo o (liquida feira) realmente esquenta o comércio de Feira de Santana, é muito importante para economia de Feira de Santana, eu acompanho a muitos anos, só que eu estava indo para casa e eu estava ouvindo uma entrevista em uma rádio de Feira de Santana, quando repórter perguntou quanto custava o carro e Luizinho disse R$ 120 mil reais cada carro daquele e quem ganhou podia até vender comprar casa, comprar carro mais barato, colocou em dúvida a campanha, eu recebi ligações de empresários que ficou de fora, porque estava com muita burocracia, falta finalizar a campanha e eu tenho certeza que ele vai esclarecer direitinho no final da campanha, quanto arrecadou, quanto sobrou de cupom, porque o povo quer saber” afirmou Rei Nelsinho

31981-3

Segundo o empresário Nelson Roberto o que lhe causou estranheza, é a não transparência da campanha e o favorecimento a empresários com maiores poderes aquisitivos no comércio, execrando pequenos comerciantes que queriam participar e não tiveram a oportunidade devido as dificuldades impostas pela CDL, onde os mesmos teriam a chance de aumentar as suas arrecadações.

Durante todo tempo a redação da Tv Caldeirão tentou manter contanto com Presidente da CDL Luís Mercês e não obteve êxito.

OUTRAS NOTÍCIAS