Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Rede TV! perde patrocínios após Sikêra Jr. xingar gays de “raça desgraçada”

Rede TV! perde patrocínios após Sikêra Jr. xingar gays de “raça desgraçada”

A fala de Sikêra Jr., apresentador do Alerta Nacional da Rede TV!, que chamou os homossexuais de “raça desgraçada” vai custar caro e já está impactando nos caixas da emissora. Três empresas cancelaram os contratos de patrocínio e anúncios após o programa da última sexta-feira (25).

Segundo informações do site Notícias da TV, a construtora MRV, que pertence a Rubens Menin, dono da CNN Brasil, fazia anúncios de seus empreendimentos com frequência no jornal mas omunicou nesta segunda-feira (28) que não investirá mais no programa da RedeTV!.

“A MRV acredita na diversidade e não compactua com qualquer forma de preconceito. O programa Alerta Amazônia/Nacional já não faz mais parte dos nossos planos de mídia”, disse a empresa em nota.

Quem também encerrou o acordo comercial foi a Tim. “Desde a semana passada, realizamos a suspensão da veiculação, que é automática pela plataforma de anúncio, nesse canal. Reforçamos que a Tim mão está ligada a movimentos, nem compactua com disseminação de notícias falsas e discursos de ódio”, disse a empresa.

A empresa de plano de saúde HapVida, que atua no Norte e Nordeste do país, disse por meio de nota que não apoia o preconceito. “Não apoiamos forma alguma de preconceito, seja social, de credo, raça, gênero ou orientação sexual. No momento, suspendemos o patrocínio do Alerta Amazonas. Estamos sempre trabalhando por uma sociedade mais saudável”, informou a empresa.

O comentário de Sikêra Jr. foi feito durante uma crítica a nova campanha do Burger King, em que crianças de diferentes idades são entrevistadas e explicam que é normal ver homens e mulheres do mesmo sexo juntos. Algumas delas têm pais que são gays.

“A criançada está sendo usada. Um povo lacrador que não convence mais os adultos e agora vão usar as crianças. É uma lição de comunismo: vamos atacar a base, a base familiar, é isso que eles querem. Nós não vamos deixar”, afirmou Sikêra no programa exibido na última sexta.

“Vocês são nojentos. A gente está calado, engolindo essa raça desgraçada, mas vai chegar um momento que vamos ter que fazer um barulho maior. Deixa a criança crescer, brincar, descobrir por ela mesma. O comercial é podre, nojento. Isso não é conversa para criança”, continuou.

Ainda de acordo com o site, a Aliança Nacional LGBTQI+ disse que vai vai entrar em contato com todos os patrocinadores do programa Alerta Nacional, da RedeTV!, para assegurar que o telejornal não vire palco para “difamação e pânico moral”.

Famosos também se manifestaram através das redes sociais. A atriz Samantha Schmutz disse que “nojo é o que temos por você [Sikêra]”. A atriz Dira Paes escreveu que estava vendo um “horror”. A apresentadora Astrid Fontenelle provocou e disse que apenas “o tempo vai dizer para esse senhor muita coisa!”. O ator Bruno Gissoni disse que Sikêra Jr. é “um imbecil”. Nomes como Marcelo Adnet, Ana Paula Renault e Rachel Sheherazade também o criticaram.

Informações; Bnews

OUTRAS NOTÍCIAS