Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

“Quebra as pernas do crime organizado”, diz Secretário da Segurança Pública sobre regulamentação das drogas

“Quebra as pernas do crime organizado”, diz Secretário da Segurança Pública sobre regulamentação das drogas

O secretário da Segurança Pública da Bahia, Ricardo Mandarino, comentou sobre a possibilidade das drogas no estado serem tributadas. Em conversa ao BNews nesta terça-feira (14), durante a inauguração das novas sedes do Serviço de Assistência Jurídica para os servidores, ele falou sobre o assunto.

“O debate é sério. É um debate de saúde pública. Se você regulamentasse o comércio de drogas, tributando as drogas, a primeira coisa que você quebra seria as pernas do crime organizado. Eles não vão ter mais a necessidade de ficar matando as pessoas, discutindo para disputar pontos de drogas”, comentou o secretário.

Ainda na conversa, ele relembra que não apenas a Bahia, mas o país inteiro está com o índice alto de violência, principalmente por conta do tráfico de drogas. “O país tomado pela violência. Nós estamos nos referindo ao tráfico de drogas. 80% dos crimes, dos homicídios, tem origem direta e indiretamente do tráfico de drogas nas disputas de ponto”, pontuou.

Mandarino reforça que não é a favor das drogas, mas ironiza que a sociedade é hipócrita por não concordar com a tributação das drogas, principalmente relacionado à classe média alta no estado, exemplificando a Praia do Forte.  

“A solução é a sociedade discutir e acabar com essa hipocrisia a regulamentação das drogas. (…)  A Praia do Forte é um lugar tranquilo, é um paraíso, não tem violência, mas o pessoal lá consome droga. Lá tem tráfico de drogas. Quem consome a droga de lá são os ricos, a classe média. Esse pessoal que financia essa violência, então a sociedade tem que parar com essa hipocrisia. Quando a gente debate é isso, aparece um monte de idiota para falar que você é maconheiro”, ironiza.

Informações: Bnews

OUTRAS NOTÍCIAS