Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

PT evita bate-chapa e escolherá pré-candidato em Salvador por encontro em março

PT evita bate-chapa e escolherá pré-candidato em Salvador por encontro em março

O presidente do Partido dos Trabalhadores de Salvador, Ademário Costa, anunciou nesta segunda-feira (17) que, por deliberação do diretório municipal, o partido fará no dia 14 de março um encontro para a escolha do pré-candidato que representará o partido na capital. 

O processo substituirá as prévias, defendidas por Vilma Reis (PT), e simplificará a escolha do pré-candidato do partido. Com o encontro, não será mais necessário distribuir urnas por Salvador e realizar um bate-chapa entre os pré-candidatos colocados por eleições internas – prévias. No lugar, uma grande reunião de delegados discutirá no dia 14 de março a escolha do nome, antecipando o anúncio.

Dos 44 delegados que votaram sobre o método de escolha do pré-candidato, 38 optaram pelo encontro e apenas 4 pelas prévias.

O dirigente municipal do PT em Salvador explicou que as prévias deveriam empurrar a escolha do pré-candidato para abril deste ano e exaltou a escolha pelo encontro. “Serão 300 militantes delegados indicados proporcionalmente à votação obtida pelas chapas que disputaram a última eleição direta do PT em oito de setembro de 2019. Além dessa delegação que definirá as votações, abriremos as portas para toda a militância que quiser participar das discussões que acontecerão no plenário e nos grupos de trabalho”, falou.  

O PT também estabeleceu um ciclo de debates preparatórios. As discussões começarão dia 6 de março e se estenderão por toda a semana que antecede ao encontro. Nesta programação estão a realização da segunda etapa do curso de formação das pré-candidaturas proporcionais do partido, debates temáticos e debates entre os nomes que postulam a pré-candidatura para a prefeitura. 

Nas palavras do dirigente, “o objetivo do encontro e definir a nossa estratégia e tática eleitoral, os critérios para a definição da chapa de vereadores, as diretrizes do programa de governo e a definição da candidatura que irá liderar o nosso projeto em Salvador”.

Além disso, foi confirmado o início das plenárias de elaboração do Programa de Governo Participativo – PGP para o dia 21 de março. “Serão três eixos de preparação do nosso programa: elaboração de um diagnóstico da cidade, com o suporte de intelectuais e especialistas em gestão pública; um ciclo de debates temáticos em áreas como saúde, educação, infraestrutura, cultura, esporte e lazer; e escuta da população nas plenárias do plano de governo participativo em todas as áreas da cidade”.

Atualmente,  o partido conta com as pré-candidaturas de Fabya Reis, Vilma Reys , Robinson Almeida e Juca Ferreira. Além dos atuais postulantes, o Diretório Municipal autorizou a legenda iniciar as tratativas com Denice Santiago, Major da polícia militar da Bahia que comanda a Ronda “ Maria da Penha”, ela conta com o  apoio do governador Rui Costa e do senador Jaques Wagner, embora ainda não esteja filiada ao partido.

OUTRAS NOTÍCIAS