Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Professor destaca importância da saúde bucal durante a pandemia de Covid-19

Professor destaca importância da saúde bucal durante a pandemia de Covid-19

Todos sabem que medidas de higiene ajudam a prevenir a propagação do coronavírus. Considerando que a boca é uma das principais vias de contaminação, a sua higienização é essencial para reduzir a quantidade de vírus e possivelmente diminuir a sua disseminação.

 A saúde da boca está diretamente relacionada com o nosso bem-estar geral. É por meio da higienização correta e frequente que reduzimos o biofilme dentário e, consequentemente, o volume de microrganismos, como bactérias, vírus e fungos presentes na boca. Doenças como cárie e gengivite podem ser evitadas por meio da escovação e uso do fio dental.

 Medidas simples, como escovação e uso do fio dental, reduzem a carga viral, isto é, são capazes de remover mecanicamente bactérias e também o coronavírus. O enxaguatório bucal é um recurso adicional, além da remoção mecânica com escova e fio dental, porque ele tem substâncias com ação antimicrobiana, que ajudam na redução do biofilme dentário.

 Segundo o professor Jeidson Marques, coordenador do curso de Odontologia da UNEF, a rotina diária de higiene bucal também é importante, e os cuidados devem ser redobrados, uma vez que, a porta de entrada da infecção é o trato respiratório superior, boca (dentes, gengivas, língua), faringe (garganta) e pulmões.

 “Estudos mostram que os fluídos da boca e do nariz são as maiores fontes de disseminação de coronavírus, que podem sobreviver por mais de 24 horas em temperatura ambiente no metal, vidro, plástico, inclusive nas superfícies plásticas da cabeça da escova, cabo e cerdas de nylon, tornando um local perfeito para encontrar esse vírus, além da gripe comum, herpes bucal, entre outros”.

OUTRAS NOTÍCIAS