Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Procon nas ruas para fiscalizar vendas do Dia das Mães e combater contaminação da Covid-19

Procon nas ruas para fiscalizar vendas do Dia das Mães e combater contaminação da Covid-19

Todos os anos, durante a segunda semana do mês de maio, diversas pessoas vão às ruas para comprar presentes e homenagear as mães – que se comemora no segundo domingo de maio. Diferente dos outros anos, além de ficarem atentos com os preços e qualidade dos produtos, os consumidores devem redobrar os cuidados para evitar a contaminação por conta do novo coronavírus (Covid-19).

Por causa disso, agentes de fiscalização da Superintendência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon/Fsa), estão nas ruas para orientar comerciantes e consumidores sobre seus direitos e deveres. A fiscalização do Dia das Mães conta com a colaboração de todos nesse momento.

“Essa orientação é muito válida nesse período. Se cada um fizer sua parte, juntos vamos passar por essa fase que está afetando todo nosso país. Todos os estabelecimentos devem adotar essa missão”, pede a funcionária de uma loja de joias, Átila Farias.

De acordo com o chefe de fiscalização do Procon/Fsa, Camilo Cerqueira, a intenção do órgão é levar informação e orientação a todos, entendendo esse momento delicado. “Não estamos com a mão forte do Código de Defesa do Consumidor (CDC) para punir, e sim para orientar”.

As fiscalizações verificam questões do CDC, como precificação dos produtos, meios de pagamento, validade dos produtos, etc. Nesse momento de pandemia, o órgão também assumiu a responsabilidade de verificar a utilização das máscaras por funcionários e clientes, além da disponibilidade de álcool em gel nos estabelecimentos. Quem não está dentro das regras é orientado a cumprir para evitar punições.

O proprietário de loja, Roberto Carlos, destaca a ação do Procon/Fsa. “Só temos que parabenizar por essas ações. Tem prestado um grande serviço para comunidade, principalmente nesse momento do vírus em nossa cidade”, declara.

Camilo Cerqueira afirma que o órgão vem desempenhando esse papel durante essa semana, que geralmente tem um aumento no fluxo de pessoas no comércio, além de realizar as atividades de rotina e atender as denúncias dos consumidores. As audiências, atendimento ao público e prazos processuais estão suspensos até o dia 15 de maio no Procon/Fsa.

OUTRAS NOTÍCIAS