Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Privacidade: vizinha pede que mulher não ande de sutiã dentro da própria casa

Privacidade: vizinha pede que mulher não ande de sutiã dentro da própria casa

O caso da confeiteira Juliana Kulpa (25) virou polêmica nas redes sociais. Ela foi surpreendida com um bilhete de uma vizinha ao abrir a caixa de correspondências de seu apartamento na grande São Paulo, em Osasco. Segundo informações da reportagem do UOL, a vizinha pedia para que Juliana parasse de transitar em sua própria residência usando apenas sutiã, ressaltando que ela e o marido eram evangélicos. 

A história se espalhou nas redes sociais após juliana publicar a mensagem em um grupo do Facebook. A confeiteira, que mora há oito anos no mesmo edifício, disse ao canal Universa que não costuma olhar a caixa de cartas, mas que decidiu checar as correspondências numa manhã antes de levar um de seus dois filhos à escola. “A primeira reação foi um susto, porque a pessoa não se identificou. Fiquei assustada com isso”, contou.

Ela chegou a levar o caso para as síndicas dos dois condomínios vizinhos e no seu, mas não teve sucesso em descobrir quem foi. Desde o ocorrido, Kulpa não recebeu mais bilhetes e garante que, além de não ter ficado intimidada, continuará mantendo seus hábitos na privacidade de seu lar.

 
 

OUTRAS NOTÍCIAS