Preso homem que participou de ataque que deixou três crianças baleadas

homem_preso_ataque_tancredo_neves_widelg

A disputa de dois grupos rivais pelo tráfico de drogas no bairro Tancredo Neves, em Salvador, levou integrantes de um deles a cometer um ataque que resultou em 10 pessoas baleadas no último dia 3 de março. Três crianças ficaram feridas. As vítimas participavam de uma festa na Rua 24 de Março. Na noite de quarta-feira (19), um dos suspeitos de participar do crime foi preso pela polícia.

De acordo com a Polícia Civil, o homem tem 26 anos e possuía um mandado de prisão temporária em aberto. O nome dele não foi divulgado, assim como a sua função no atentado. Testemunhas dizem que o ataque foi cometido por quatro homens que estavam a bordo de motocicletas. “Nosso principal objetivo é desarticular esses grupos criminosos e evitar novos ataques”, afirmou a diretora do Departamento de Homicídio de Proteção à Pessoa (DHPP), delegada Andréa Ribeiro, por meio de nota enviada pela instituição.

Tancredo Neves vem sofrendo com a violência desenfreada nos últimos meses devido a disputa de território por grupos criminosos. Além de homicídios e troca de tiros, só nesta semana houve três casos de cárcere privado no bairro. No último deles, um jovem e uma mulher grávida foram feitos reféns por homens armados, que exigiram a presença da imprensa e transmitiram o crime nas redes sociais.

A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) diz que tem feito operações para enfraquecer a atuação do crime organizado em Tancredo Neves e bairros vizinhos. A pasta diz que a polícia atua na área, de forma mais intensa, há nove dias. De lá para cá, já foram presos 36 suspeitos e apreendidas 21 armas de fogo.

BN

OUTRAS NOTÍCIAS