Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Presidente dos conselhos municipais de Educação repudia reprovação de projeto do Fundeb

Presidente dos conselhos municipais de Educação repudia reprovação de projeto do Fundeb

O presidente da União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME), Manoel Humberto Gonzaga Lima, manifestou contrário ao posicionamento dos 11 vereadores em rejeitar o projeto do Executivo Municipal, cuja finalidade era garantir o recebimento de R$ 250 milhões de recursos do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica), destinados à educação.

Ele reiterou que os municípios são obrigados a atualizar as suas leis e regimentos que tratam do Fundeb, em especial o Conselho de Acompanhamento e Controle Social de Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação.

“O prefeito cumpriu o que consta na lei federal. A partir do momento que a Câmara rejeita, o município sai prejudicado e impede a composição do próprio conselho fiscalizador”, afirmou Manoel Humberto.

Ele pontua que a partir da lei nº 14.113/20, que regulamenta Fundeb, existe a obrigatoriedade que estados e municípios regulamentem esse conselho. O Artigo 34 estabelece a obrigatoriedade da formação por representantes de órgãos públicos e entidades de classe, responsáveis pela vigilância na aplicação dos recursos financeiros.

O presidente da UNCME se colocou também à disposição da Câmara Municipal para auxiliar com orientações técnicas a fim de aprovar a lei, evitando impactos à comunidade e gestão do setor até o final deste ano.

Com Informações da SECOM Prefeitura Municipal de Feira de Santana

OUTRAS NOTÍCIAS