Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Presidente do PT faz provocação após troca de Leão por Cacá na chapa rival

Presidente do PT faz provocação após troca de Leão por Cacá na chapa rival

Presidente do PT baiano, Éden Valadares foi a público nesta terça-feira (3) para provocar a montagem da chapa rival. Segundo Valadares, a substituição do vice-governador João Leão (PP) pelo deputado federal Cacá Leão (PP), seu filho, para a disputa ao Senado Federal nas eleições deste ano é uma repetição da velha forma de fazer política na Bahia. 

“De avô para neto, de pai para filho, os conservadores entendem a política baiana como capitania hereditária. Não há partido, grupo, discussão coletiva. É sempre o novo que já nasce velho”, disse Éden. 

O presidente aproveitou a chance para puxar a sardinha para o seu próprio lado e tecer elogios à pré-candidatura de Jerônimo Rodrigues (PT), ex-secretário de educação que vai tentar levar o PT ao quinto mandato consecutivo à frente do Governo da Bahia. Para Éden Valadares, o nome de Jerônimo é o que representa a inovação. 

“O certo é que a grande novidade na história política da Bahia foi a chegada dos trabalhadores ao governo. Com Wagner em 2006, Rui Costa em 2014 e Jerônimo em 2022 nós vamos renovando de verdade a cultura política e nosso trabalho pelo povo baiano, sempre sob a liderança de Lula”, afirmou Éden Valadares.

A troca na pré-candidatura ao Senado da chapa de ACM Neto (União Brasil) será formalizada ainda hoje, na sede do partido em Salvador. Apesar de desistir da candidatura ao Senado, João Leão não fica de fora do pleito em outubro e vai se candidatar a deputado federal.

OUTRAS NOTÍCIAS