Presidente da Câmara vai pedir ao órgão fiscalizador que investigue “licitação do lixo” em Feira de Santana

13072021203002

Suspeitas de irregularidades, que causam  polêmica na Justiça  envolvendo a licitação da coleta  do lixo em Feira de Santana, vencida pela empresa Sustentare, deve motivar o Tribunal de Contas dos Municípios a acompanhar e investigar o processo, defende o vereador Fernando Torres (PSD). Em pronunciamento nesta terça (13) na Câmara, ele anunciou que irá provocar o órgão fiscalizador com este objetivo.

Na segunda-feira, o juiz Nunisvaldo dos Santos, da 2ª Vara da Fazenda Pública, decidiu suspender a habilitação da empresa Sustentare Saneamento S/A por constatar que esta é a antiga empresa Qualix, declarada como  inidônea e que, por isso, estaria impedida de participar de licitações até 2022.

Mas o magistrado reconsiderou a decisão no dia de hoje. “Esta licitação  aconteceu de forma errônea. Nós [vereadores] devemos fazer um documento coletivo ao TCM. Estarei à frente, como presidente da Casa, nessa investida”, disse Fernando.

Informações: Ascom Camara

OUTRAS NOTÍCIAS