Presença de cobrador em ônibus urbano pode se tornar obrigatória: vereador vai apresentar projeto

unnamed-12
A obrigatoriedade da presença do cobrador nos ônibus do sistema de transporte coletivo de Feira de Santana poderá ser estabelecida em um projeto de lei que o vereador Edvaldo Lima (MDB) pretende apresentar na Câmara Municipal. O anúncio foi feito durante pronunciamento sobre o setor, que segundo ele está na iminência de viver uma nova crise. Ele sugeriu a intervenção do Legislativo para buscar informações sobre a situação.
De acordo com o vereador, a empresa Rosa – que atua na cidade juntamente com a São João – já retirou vários ônibus de circulação, gerando prejuízos para a população que utiliza o transporte urbano, sem nenhuma atitude por parte do governo. Além disso, uma das empresas pediu recuperação judicial. Citando avaliação feita pelo advogado das empresas de ônibus, Ronaldo Mendes, Edvaldo Lima disse que a crise do sistema é devido à má gestão.
“A Prefeitura não cuida do transporte público como ele merece e a população é que sofre”, afirmou Edvaldo Lima, acrescentando que Feira de Santana é uma cidade grande tratada como cidade pequena e, no caso do transporte coletivo, “o governo não leva a sério”. Ele lembrou que em 2013, quando em seu primeiro mandato, só existia a empresa Princesinha e foi preciso provocar o Ministério Público para que o município realizasse licitação.
Informações; Ascom Camara

OUTRAS NOTÍCIAS