Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Prefeitura de Lauro de Freitas culpa motorista após ônibus ficar ilhado: “assumiu o risco”

Prefeitura de Lauro de Freitas culpa motorista após ônibus ficar ilhado: “assumiu o risco”

Após passageiros e motorista de um ônibus ficaram ilhados nas proximidades da Avenida Santos Dumont, em Lauro de Freitas, a Secretaria de Trânsito, Transporte e Ordem Pública da cidade (Settop) disse que o local estava interditado e não deveria ter sido utilizada como roteiro pelo veículo. “O motorista do ônibus assumiu o risco ao passar pela rua”, afirmou em nota. 

De acordo com nota enviada pela prefeitura da cidade, devido às fortes chuvas, o local estava interditado com cones para evitar a passagem de veículos, e o motorista do ônibus teria assumido o risco ao passar pela rua.

Cerca de 12 pessoas ficaram ilhadas dentro do ônibus, após o cruzamento entre as ruas 15 de Janeiro e Baixa Grande alagar devido às fortes chuvas. Segundo apurado pelo BNews, os 12 passageiros são funcionários da empresa RCR e ficaram ilhados por cerca de sete horas, até a chegada de uma equipe do Corpo de Bombeiros. Botes foram utilizados para o resgate e ninguém ficou ferido. Além desta ocorrência, a prefeitura também registrou, na manhã desta quarta-feira (20), um alagamento nas proximidades do Canal Caji-Urbis.

OBRAS – Segundo informações da prefeitura de Lauro de Freitas, obras estão sendo realizadas na cidade, com o objetivo de preparar a cidade para receber as próximas chuvas. Além do canal Caji-Urbis, que está em fase de implantação com 80% dos serviços concluídos, a obra de macrodrenagem dos rios Joanes e Ipitanga, realizada pelo Governo do Estado, por meio da Companhia Estadual de Desenvolvimento Urbano (Conder), também irá minimizar as enchentes e alagamentos.

OUTRAS NOTÍCIAS