Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Prefeito de Salvador culpa Rui e Bolsonaro por queda na Economia; Veja

Prefeito de Salvador culpa Rui e Bolsonaro por queda na Economia; Veja

O prefeito de Salvador, Bruno Reis (DEM), culpou, em entrevista ao Fato & Opinião, da BNews TV, na sexta-feira (17), os governos estadual e federal pela queda do município no “top 10” da economia brasileira. Estudo divulgado conjuntamente pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) e o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostra que, agora, a capital baiana está em 12º lugar.

“Uma série de razões levou a isso. Um conjunto de ações deixaram de existir ao longo desses últimos anos. A Bahia foi perdendo importância econômica, que impacta na cidade”, avaliou.

O estudo leva em consideração o Produto Interno Brito (PIB) de 2019. Nesse ano, Salvador somou um PIB de R$ 63.804 bilhões, ante R$ 63.535 bilhões do ano anterior.

Bruno Reis confessou que Salvador é uma cidade desigual. “O Estado pode ser um grande propusor, porque tem ferramentas muito maiores do que a prefeitura. Por mais incentivos fiscais que lance, investimentos, o poder local não consegue transformar a matriz econômica.”

Bolsonaro atrapalha

Durante a entrevista, Bruno Reis admitiu que o presidente Jair Bolsonaro (PL) atrapalha o combate à pandemia de covid-19.

“Se todos dissessem que as medidas de isolamento social são importantes, teria maior receptividade da população. Se todos dissessem que a vacinação é importante, teria mais adesão”, afirmou o gestor.

“Cerveijinha”

Bruno Reis também revelou que gosta de tomar uma “cerveijinha e “vinhozinho”, como mesmo definiu, para relaxar.

“Também sou filho de Deus. Tomo uma ‘cerveinha’, ‘vinhozinho’, bato papo com os amigos”, disse, se referindo ao descanso nos finais de semana.

Assista abaixo a entrevista na íntegra:

Informações: BNews

OUTRAS NOTÍCIAS