Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Preços de alimentos e combustíveis dispararam; veja itens que mais subiram nos 12 meses até setembro

Preços de alimentos e combustíveis dispararam; veja itens que mais subiram nos 12 meses até setembro

O dragão da inflação está mais uma vez bafejando no pescoço dos brasileirosEm setembro, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulou alta de 10,25% em 12 meses, segundo dados divulgados nesta sexta-feira (8) pelo IBGE. É a primeira vez que isso acontece desde fevereiro de 2016.

Essa alta é mais visível nos supermercados e nos postos de gasolina: a maior parte dos 50 itens que mais subiram desde setembro de 2020 é encontrada nesses estabelecimentos.

Embora alguns dos itens que mais subiram tenham influência menor no bolso – como o ‘campeão’ de alta, o pimentão, cujo preço quase dobrou – também estão na lista das maiores altas produtos que pesam nas contas: a gasolina, com alta de quase 40%; o gás de cozinha, que ficou quase 35% mais caro; e as carnes em geral, que subiram até 37%.

Veja abaixo os 50 itens que mais subiram no acumulado em 12 meses até setembro, segundo dados do IBGE:

Maiores altas em 12 meses até setembro — Foto: Economia g1

Maiores altas em 12 meses até setembro — Foto: Economia g1

Informações: G1

OUTRAS NOTÍCIAS