Porteiro de hospital na Bahia é denunciado por facilitar fuga de dupla que matou paciente; vítima fazia raio X

IMAGEM_NOTICIA_9 (22)

O porteiro do hospital de Brumado, no Sertão Produtivo, Sudoeste baiano, foi denunciado pelo Ministério Público do Estado (MP-BA) por facilitar a ação que resultou na morte de um paciente. O crime ocorreu no final da manhã do dia 28 de abril. Filipe Bastos Lobo fazia exames de raio X quando foi atingido por 22 disparos.

Porteiro de hospital de Brumado é denunciado por facilitar fuga de dupla que matou paciente; vítima fazia raio X quando sofreu 22 disparos pic.twitter.com/XY2HaXPlr9

Segundo o MP-BA, o porteiro , identificado como Caio Felipe Queiroz, auxiliou os acusados, deixando a porta aberta do hospital para facilitar a fuga dos criminosos. Na denúncia, a promotora Daniela de Almeida narra que Wanderson Oliveira e Fabrício Santos Meira se comunicaram com Caio Felipe para saber a exata localização da vítima.

Após ameaçar uma enfermeira com uma arma de fogo, Fabrício passou uma arma de fogo a Wanderson, conhecido como “Papito”,. Os dois se dirigiram à sala de raio-X, onde dispararam diversas vezes contra a vítima. Ainda segundo a promotora, o crime foi praticado por motivo torpe, relacionado à guerra de facções e à disputa por pontos de tráfico de drogas.

A vítima respondia a processo por associação criminosa armada e porte de arma de fogo, além de ser suspeita de envolvimento em dois homicídios ocorridos na região.

Wanderson Oliveira foi preso horas após o crime em um bar da cidade. Já Fabrício Santos Meira morreu um dia após o fato em confronto com policiais em Vitória da Conquista, também no Sudoeste.

informações extraidas do site Bahia Notícias

OUTRAS NOTÍCIAS