Por conta de situação do Shopping Popular e por uso indevido do site da Prefeitura Associação em Defesa dos Camelôs vai acionar o Ministério Público

Por conta de situação do Shopping Popular e por uso indevido do site da Prefeitura Associação em Defesa dos Camelôs vai acionar o Ministério Público

Nesta segunda-feira 25, ocorreu uma reunião da Associação em Defesa dos Camelôs (ADECAM) em que foi decidido que será acionado o Ministério Público para intervir no impasse envolvendo o Shopping Popular e a Prefeitura de Feira de Santana. Nesse sentido, a ADECAM estará sendo auxiliada juridicamente pelo Advogado Gabriel Cavalcante.

Os Camelôs pretendem reivindicar perante o Ministério Público que o Shopping Popular deixe de ser regulado através de aluguel e condomínio e passe a ser cobrado dos Camelôs uma taxa de usuário de serviço público. Isso porque, o Shopping Popular, como se sabe, é uma Parceria Público Privada construída com dinheiro do povo.

Uso indevido do site da Prefeitura para fins políticos

A segunda questão que os Camelôs pretendem trazer ao Ministério Público se relaciona ao uso indevido do site da prefeitura para fins de política partidária. Entendem os Camelôs que a prefeitura de Feira de Santana pertence a todos os setores sociais que compõem o município e não ao MDB.

Informações; Ascom

OUTRAS NOTÍCIAS