Polo Aquático brasileiro confiante em medalha olímpica

polo-aquatico-brasileiro-confiante-em-medalha-olimpica

polo-aquatico-brasileiro-confiante-em-medalha-olimpica

A seleção nacional de Polo Aquático, que iniciou os treinamentos finais para os Jogos Olímpicos Rio 2016, na última sexta-feira (22), na nova Piscina Olímpica da Bahia, mantém expectativa de conquistar medalha na competição. Há 32 anos ausente das Olimpíadas, o Polo Aquático do Brasil retorna agora em clima de esperança que envolve jogadores e comissão técnica. Para isso, há dois anos, o croata Ratko Rudic começou a treinar o time. A equipe brasileira fica na capital baiana até 3 de agosto, quando viaja rumo à Vila Olímpica do Rio de Janeiro.

Na 14ª Super Final da Liga Mundial, em 2015, o Brasil superou nas penalidades os Estados Unidos e ganhou a medalha de bronze, com os adversários reconhecendo o novo fôlego dos brasileiros na piscina. “Temos possibilidades de ganharmos medalha. Nosso objetivo é conquistarmos a qualificação para as quartas-de-final e chegarmos a um bom resultado na etapa seguinte”, afirma o treinador.

O capitão da equipe masculina brasileira de Polo Aquático do Brasil, Felipe Perrone, demonstra confiança em receber medalha na categoria. “O caminho para uma conquista dessa magnitude passa pelos resultados. Queremos chegar primeiro às quartas-de-final e, a partir daí, lutarmos por medalha. Esse é o nosso sonho e por que não acreditar?”

OUTRAS NOTÍCIAS