Polícia fecha casa de jogos dentro de shopping na Batista Campos

Polícia fecha casa de jogos dentro de shopping na Batista Campos

Polícia Civil e o Ministério Público fecharam uma casa de jogos instalada dentro do shopping Pátio Belém, no bairro Batista Campos, em Belém. Durante as diligências, foi constatado que o estabelecimento comercial foi inaugurado sem alvará que autoriza o funcionamento emitido pela Diretoria de Polícia Administrativa (DPA) da Polícia Civil.

Além disso, peritos da Polícia Científica do Pará (PCP), que participaram da diligência, constataram irregularidades nos sistemas operacionais utilizados em computadores do local. Dispositivos de dados (disco rígido) foram apreendidos e serão periciados na sede do Núcleo de Fonética Forense e Estação de Dados da PCP.

Combate às atividades ilegais no Pará

O delegado-geral da Polícia Civil, Walter Resende, destacou o trabalho realizado. “A Polícia Civil vem atuando de forma contundente no combate às atividades ilegais no Pará. As investigações partiram de denúncias recebidas pela Polícia Civil e pelo Ministério Público do Pará”, afirmou.

Uma apuração policial será feita pela Delegacia Especializada em Investigação de Estelionatos e Outras Fraudes (Deof) da Divisão de Investigações e Operações  Especiais (Dioe). A ação foi coordenada pela Diretoria de Polícia Especializada (DPE) da Polícia Civil e Grupo de Atuação Especializada no Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público do Estado (MPPA).

O que diz o shopping

Em nota, o Shopping Pátio Belém informou que “…segundo informações repassada pelo lojista responsável pelo empreendimento ‘Golden Plaza’, a fiscalização promovida pela Polícia Civil e pelo Ministério Público constatou que a casa ainda não estava funcionamento normalmente, pois ainda não dispunha de toda a documentação necessária, para a qual, foi dado um prazo limite para regularização”.

“No momento da fiscalização, no local funcionava apenas um torneio de poker, que não fazia parte da fiscalização pelos órgãos.
Com relação às irregularidades apontadas nos sistemas dos computadores da casa, houve apenas uma indicação de caráter puramente técnico, para que o estabelecimento use uma versão mais recente e atualizada do Windows”, disse a nota do shopping.

OUTRAS NOTÍCIAS