Polícia apura se rifeiros mortos em Barra do Jacuípe foram vítimas de grupo ligado a jogos de azar

casal_rifeiros_de_luxo_widemd

A Polícia Civil tem pelo menos três linhas de investigação acerca da morte do casal de rifeiros Rodrigo da Silva e Hynara Santa Rosa. O crime aconteceu no domingo (11/12) em Barra do Jacuípe, Camaçari, Região Metropolitana de Salvador.

De acordo com apuração do Grupo Aratu, um grupo ligado ao jogo de azar teria encomendado as execuções. Também não está descartada a hipótese de as vítimas não terem realizado o pagamento de um prêmio. A outra possibilidade sinaliza que Rodrigo e Hynara estariam sendo vítimas de inveja.

Vida de luxo: rifeiros assassinados costumavam ostentar na web ao lado de  famosos; confira

O crime está sendo investigado pela 33ª Delegacia Territorial (DT/Monte Gordo). Policiais da unidade sustentam não haver nada de concreto sobre o duplo homicídio.

Segundo as primeiras informações, o casal estava em um bar, após um dia de diversões, quando recebeu diversos tiros disparados por dois homens que também estavam no comércio. Eles morreram na hora.

Os corpos dos rifeiros, que tinham quase 200 mil seguidores no Instagram, foram encaminhados para o Instituto Médico Legal de Salvador e serão enterrados na tarde desta segunda.

AratuOn

OUTRAS NOTÍCIAS