PF prende falsos policiais na Bahia suspeitos de golpe de R$ 2 milhões no INSS e que tinham patrimônio luxuoso

Uma operação da Polícia Federal, deflagrada nesta quarta-feira (9), resultou na prisão de um homem que atuava como ‘falso policial’, no intetior da Bahia. A ação intitulada ‘O Criador’ foi realizada na cidade de Ilhéus, em trabalho conjunto com o Núcleo Regional de Inteligência Previdenciária do Ministério da Previdência Social (NUINP/BA), com o apoio do 19º Batalhão de Polícia Militar.

Além do mandado de prisão preventiva e do de prisão temporária, outros quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos. Nos locais das buscas foram encontrados diversos documentos falsos que indicam um prejuízo para o INSS superior aos R$ 2 milhões.
De acordo com a PF, foi identificado um patrimônio luxuoso em posse dos suspeitos, composto por pelo menos quatro imóveis e diversos veículos, que teriam sido adquiridos por intermédio de financiamento com a utilização da empresa “fantasma”. A investigação foi deflagrada com objetivo de desarticular esquemas criminosos voltados para a prática de falsificação de documentos públicos e estelionatos em desfavor do órgão previdenciário.
Ainda no local das buscas, foram encontrados fardamentos, carteiras e distintivos de outras forças policiais (Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Penal), bem como armas e munições, possivelmente utilizados para facilitar a prática das fraudes. Todo material apreendido, como equipamentos de
telefonia e informática, serão periciados com a finalidade de identificar eventuais outros partícipes, além de quantificar o real prejuízo sofrido pelo INSS

Informações extraídas do BNews

OUTRAS NOTÍCIAS