Pesquisa AtlasIntel: Jerônimo Rodrigues passa ACM Neto e lidera intenções de voto

127649,atlasintel-jeronimo-rodrigues-lidera-intencoes-de-voto-para-governo-da-bahia-pela-primeira-vez-3

Uma nova pesquisa eleitoral AtlasIntel, contratada pelo Jornal A Tarde, e divulgada nesta quarta-feira (24) aponta, pela primeira vez, liderança de Jerônimo Rodrigues (PT) na corrida ao governo da Bahia. Os números divulgados nesta manhã são da terceira rodada de pesquisa contratada junto ao instituto. Apesar da liderança de Rodrigues, considerando a margem de erro de dois pontos percentuais, Jerônimo e o ex-prefeito ACM Neto (União Brasil) se encontram em empate técnico.

Os números mostram Jerônimo Rodrigues (PT) com 38%, com uma oscilação de 0,2 ponto em relação à última pesquisa e um crescimento de 5,4 pontos desde o primeiro levantamento. Em segundo, está ACM Neto (União Brasil) com 35,6%. Uma queda de 3,2 pontos em relação ao último levantamento e 4,1 de retração desde o início da série. João Roma começou com 10,5%, subiu para 13,2% e agora tem 14,7%, acumulando um crescimento de 4,2 pontos nas intenções de voto.

Num eventual segundo turno, João Roma perderia em qualquer simulação. Contra ACM Neto, 47,5% a 24,7%. Se o adversário for Jerônimo, o petista venceria por 45,9% a 27,7% demonstrando um teto para o candidato do PL. Se a disputa fosse entre Jerônimo e Neto, hoje, o ex-prefeito de Salvador teria 41,8% contra 40,8%, empate técnico.

A pesquisa ainda aponta as intenções de voto para senador na Bahia. Otto Alencar (PSD) lidera com 33, 9%, com retração de 5,3 pontos em relação ao último levantamento, mas com vantagem ainda confortável sobre Rayssa Soares (PL), que aparece com 16,5%, uma oscilação positiva de 0,3. Cacá Leão (PP) tem 10,7%, uma queda de 2,2.

A pesquisa AtlasIntel é apenas a primeira a ser divulgada nesta quarta (24). Dados da pesquisa Datafolha contratada com exclusividade pelo Grupo Metropole serão divulgados ao longo do dia. A pesquisa chegou a ser alvo de um pedido de suspensão feito pela campanha de Jerônimo Rodrigues (PT). A Justiça Eleitoral, no entanto, manteve a divulgação.

Fonte: Metro1

OUTRAS NOTÍCIAS