Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Para salvar a vida da filha, Pai de influenciadora mata stalker obcecado

Para salvar a vida da filha, Pai de influenciadora mata stalker obcecado

Um policial aposentado e pai da influenciadora de 15 anos, Ava Majury, matou um fã obcecado por sua filha, nesta última semanada. O jovem tinha 18 anos e residia nos Estados Unidos assim como as vítimas.

Em entrevista ao site  New York Times, Ava contou que conheceu a fama através do TikTok, criada em 2020, quando tinha 13 anos. Rapidamente, ela ganhou um milhão de fãs, que se interessavam pela sua vida.

No início da pandemia, passou a ser importunada por um jovem que a seguia insistentemente em três de suas redes sociais: TikTok, Snapchat e Instagram. A adolescente disse que inicialmente respondeu ao seguidor, Eric, assim como fazia com muitos outros internautas. Depois disso ele começou a entrar em contato com colegas da escola da menina e descobrir os passos de toda sua rotina.

Como a garota trabalhava com fotos e publicidade, ela vendeu algumas para o seguidor mas ele sempre solicitava mais, e cada vez mais picantes. Ele acabou depositando cerca de 600 dólares em três depósitos pedindo que ela o desbloqueasse. Foi aí que o pai de Ava, o policial, entrou na história e pediu ao rapaz que parasse de importunar a filha.

O jovem passou a fazer ameaças de morte à influenciadora e decidiu invadir a casa da família e disparou com uma espingarda contra a residência. O policial aposentado correu atrás do rapaz, mas tropeçou e caiu, deixando com que ele escapasse.

O jovem voltou, ameaçou disparar novamente contra a família, mas Rob reagiu e o matou.

Com tudo ela não pensa em abandonar as redes sociais e segue com seu trabalho.

Informações: Bnews

OUTRAS NOTÍCIAS