Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Pais gays adotam bebê com HIV rejeitado por 10 famílias e têm surpresa

Pais gays adotam bebê com HIV rejeitado por 10 famílias e têm surpresa

Se há quem abandone, também existe gente do bem, sem preconceito, que acolhe! Um casal gay adotou um bebê com HIV que foi rejeitado por 10 famílias na Argentina.

E para surpresa de todos, depois que Olivia foi adotada e recebeu tratamento médico, os sinais do HIV desapareceram.

Os pais Damian Pighin e Ariel Vijarra comemoraram a notícia boa quando os testes comprovaram que o vírus não era mais detectável no corpinho da menina.

Outra adoção

Depois disso, o casal adotou uma segunda filha, chamada Victoria.

As duas crianças completam 5 anos este agora em 2019.

Damian Pighin e Ariel Vijarra foram o primeiro casal homoafetivo a se casar em Santa Fe.

Eles trabalham para uma ONG que ajuda casais a adotarem filhos rejeitados.

Foi assim que eles adotaram Olívia.

Os dois esperaram durante três anos pela oportunidade de adotar.

Mas assim que seguraram e alimentaram a menina, sem que ela soltasse um único choro, Damien e Ariel entenderam que havia uma conexão especial entre eles.

Foto: Reprodução/Facebook @avijarra

Foto: Reprodução/Facebook @avijarr

Foto: Reprodução/Facebook @avijarra

Foto: Reprodução/Facebook @avijarra

Foto: Reprodução/Facebook @avijarra

Foto: Reprodução/Facebook @avijarra

Fonte: Só Notícia Boa 

OUTRAS NOTÍCIAS