Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Padrasto suspeito de matar criança de dois anos é ouvido pela Polícia Civil

Padrasto suspeito de matar criança de dois anos é ouvido pela Polícia Civil

O homem, de prenome Tiago, suspeito de matar o enteado de dois anos na cidade de Saubara, no recôncavo baiano, foi ouvido pela polícia.

De acordo com a Polícia Civil, o padrasto de Adrian Benjamin Santana se apresentou na sede da 3ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), da cidade de Santo Amaro.

Ele prestou depoimento e foi liberado, “mas está à disposição da Polícia Civil para novos esclarecimentos, se necessário”.

Além do suspeito, familiares da criança já foram ouvidos. A morte é investigada pela 27ª Delegacia Territorial, de Itinga.

“Oitivas de testemunhas e de outras pessoas da família, além do resultado do laudo pericial vão contribuir para a conclusão das investigações”, informa a PC.

O caso

O corpo de Benjamim foi encontrado dentro de casa, na Rua Duque de Caxias, bairro do Caji, em Lauro de Freitas, na noite de segunda-feira (7).

À Record TV Itapoan, a mãe do menino, de 19 anos, relatou que encontrou o filho desacordado e machucado após ele ir a uma baia com o padrasto, em Saubara, e lhe deu medicamentos.

No dia seguinte, ela teria percebido que o menino estava com sinais vitais fracos e, desesperada, o trouxe para a casa da família, em Lauro de Freitas, onde os parentes constataram a morte. Familiares relatam que o padrastro maltratava a criança.

Sepultamento

O velório de Adrian Benjamin Santana acontece na tarde desta quarta-feira (9), no Cemitério Municipal de Areia Branca.

De acordo com informações da Record, no local, houve hostilização à mãe da criança.

Informações; Bnews

OUTRAS NOTÍCIAS