Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Padrasto é preso acusado de abusar de enteada de 12 anos; os abusos começaram quando ela tinha 8 anos

Padrasto é preso acusado de abusar de enteada de 12 anos; os abusos começaram quando ela tinha 8 anos

preso-em-jundiai (1)

Uma menina contou a mãe que estava sendo abusada pelo padrasto dos 8 aos 11 anos idade, quando questionada sobre a sua virgindade. Segundo o G1, desconfiada da mudança de comportamento da menina, a mulher contou que resolveu questionar o que estava acontecendo, pensou, inclusive, que a filha estava namorando escondido.

O homem teve a prisão preventiva decretada nesta quarta-feira (20) após ser acusado de abusar sexualmente da enteada, em Jundiaí, São Paulo.

Segundo a polícia, a menina revelou os abusos à mãe, que procurou a Delegacia de Defesa da Mulher. Para a delegada, a menina afirmou que os abusos começaram quando ela tinha 8 anos. A criança relatou ainda que também era abusada sexualmente pelo pai do padrasto, que já morreu. O suspeito foi encaminhado para o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

De acordo com o G1, a vendedora conta que muitas vezes chegava tarde em casa, pois trabalhava em um shopping, fazendo com que o homem ficasse sozinho em casa com a criança. Desde então, o comportamento da menina mudou.

A mãe afirma que ela já não sentia mais vontade de ir à escola, e que muitas vezes mentia sobre onde ia. As faltas só foram descobertas quando a escola solicitou a presença do responsável.

Diante da confirmação, a mãe se separou do marido e saiu da casa, e foi morar com os outros dois filhos e sua irmã. A menina, que voltou a estudar, vem realizando acompanhamento psicológico.

Foto | TV TEM

 

OUTRAS NOTÍCIAS