Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin

Os funcionários da UPA Queimadinha contratados da Insaude estão novamente com salários atrasados; “Virou rotina, todos os meses a mesma coisa!”

Os funcionários da UPA Queimadinha contratados da Insaude estão novamente com salários atrasados; “Virou rotina, todos os meses a mesma coisa!”

Mais uma vez os funcionários da saúde de Feira de Santana denunciam o descaso que tem sofrido. A meses o sofrimento e humilhação são a resposta dada aqueles que lutam na linha de frente conta uma pandemia, e buscam fornecer bom atendimento a população.

A unidade da Queimadinha, que vive lotada, com funcionários sobrecarregados, e enfrenta o aumento dos casos de Covid-19 e H3N2, tem estes mesmo funcionários tratados com desprezo, e não são valorizados e reconhecidos. Segundo denúncia feita a TV Caldeirão a empresa Insaude vem atrasando os pagamentos dos funcionários todos os meses. “Estamos passando necessidade, a empresa só diz que não tem previsão de pagamento, sempre é assim, só pagam depois que vamos as mídias e fazemos protesto, isso é uma humilhação, temos direito de receber pelo que trabalhamos, sem precisar estar nos humilhando”, denuncia uma funcionaria que preferiu não se identificar por medo de represálias.

Os funcionários questionam que a empresa já está com os valores em mãos, pois a Prefeitura já teria repassado a verba, mas não os pagam, criando uma situação de desespero para os colaboradores, que tem dívidas e contas a pagar, além de trazer o sustento para suas famílias. “Os cargos “menores”, profissionais de higienização, técnicos de enfermagem, cozinheiros, todos sem receber, mas a maioria tem medo de se expor, pois são oprimidos pela diretoria e temem ser demitidos caso falem. A empresa paga os cargos maiores como os funcionários do setor administrativo, médicos, e o restante deixa pra pagar quando querem. Pelo que sabemos a prefeitura já repassou a verba mas eles não querem nos pagar pois o dinheiro está correndo juros em conta nos bancos, não sabemos se é verdade, mas de qualquer forma essa situação nos deixa indignados, pois o dinheiro é nosso, é merecido pelo nosso trabalho, e eles estão com o valor em mãos e não nos pagam”, conta.

OUTRAS NOTÍCIAS