Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on google
Share on email
Share on linkedin

Operação da Polícia Civil executa pedidos de prisão por homicídio e tráfico de drogas durante a madrugada

Operação da Polícia Civil executa pedidos de prisão por homicídio e tráfico de drogas durante a madrugada

Foi apresentado na manhã desta quinta-feira (30), o balanço da operação “Mandacarú”, que foi realizada nesta madrugada em diversos bairros de Feira de Santana.

A operação, que contou com cerca de 6 delegados e cerca de100 investigadores, foi duirigida pelo delegado João Rodrigo Uzzum, coordenador regional da Polícia Civil (1ª Coorpin). Ao todo, foram cumpridos 11 mandados de prisão, busca e apreensão, ocorridos nos bairros Feira X, Santa Mônica II, Rua Nova e Queimadinha.

Como resultado da operação, foram apresentados sob prisão no Complexo de Delegacias do Sobradinho, Lucas dos Santos Silva, Leones Suzart Tavares, Michael Velano dos Santos, conhecido como “Catroca” e Jefferson Lima dos Santos, o “Tatu”, nas buscas, um adolescente também foi apreendido.

De acordo com a polícia, a operação teve como objetivo buscar e prender os envolvidos em crimes na região de Feira de Santana, e que a operação foi bem sucedida, especialmente pela prisão de quatro criminosos apontados como de alta periculosidade.

Em entrevista ao repórter Sotero Filho, o delegado Gustavo Coutinho, titular da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), declarou que a operação teve êxito com a prisão de quatro homens apontados como de alta periculosidade.

Jéfferson e Michael, dois dos presos, já são acusados da matar o  mototaxista Kléber dos Santos, que teve o corpo esquartejado e jogado em uma praça no bairro Pedra do Descanso, além do envolvimento de Jéfferson em uma chacina ocorrida na localidade da ‘Portelinha’ e em pelo menos oito homicídios, enquanto Leones Suzart é suspeito de matar um lavador de carros no bairro Conceição, no ano passado.

Foto | Reprodução

 

OUTRAS NOTÍCIAS